IPO do Porto criou programa de entrega de medicamentos em casa

O Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil (IPO do Porto) disponibilizou um serviço autónomo e gratuito de entrega de medicação ao domicílio.

Esta medida destina-se a utentes que se encontrem impossibilitados de providenciar por meios próprios o levantamento da sua medicação junto da Farmácia de Ambulatório e pretende minimizar o risco associado à deslocação dos doentes aquando do levantamento da sua medicação e ainda assegurar um circuito de entrega em casa sem intermediários nem lacunas.

Segundo o IPO do Porto, este serviço tem a “finalidade de melhorar a acessibilidade à medicação prescrita e dispensada pela Farmácia de Ambulatório, facilitando o cumprimento do plano terapêutico e garantindo maior segurança nesta fase de pandemia”.

Outra medida implementada é a redução das deslocações ao IPO Porto para levantar a medicação habitual, que era mensal, e passou agora a ser bimestral e semestral, dependendo do tipo de medicação a ceder.

“Dada a vulnerabilidade e necessidade dos doentes oncológicos, este era um projeto que já estava em cima da mesa antes da pandemia, mas que agora se tornou eminente. A Farmácia de Ambulatório do IPO do Porto dispensa medicação mensalmente a cerca de 2500 doentes, num total de 3000 prescrições médicas”, explicou a diretora dos Serviços Farmacêuticos, Florbela Braga.

O IPO Porto garante que os serviços de entrega cumprem a legislação em matéria de certificação de transporte de medicamentos, com todas as garantias de segurança envolvidas.

Os utentes que comprovem debilidade do estado de saúde, dificuldade de transporte e/ou circulação, ou ausência de substituto legal ou cuidador poderão candidatar-se ao serviço de entrega de medicação ao domicílio.

Para solicitar o serviço será apenas necessário efetuar a candidatura através do preenchimento de um formulário disponível no site do IPO do Porto e enviar um email.

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.