Pequenas mudanças para melhorar hábitos alimentares

São mudanças de baixo custo. E às vezes sem qualquer custo. Um estudo da Warwick Medical School, no Reino Unido, analisa as formas através das quais o ambiente pode ser mudado de modo a induzir hábitos mais saudáveis.
A ideia parte de um outro estudo da mesma universidade, que demonstrou que as pessoas optam por comprar alimentos mais saudáveis quando a sua localização é mais conveniente.

Partindo desta ideia, os investigadores sugerem alterações para tornar a comida saudável mais acessível aos consumidores, quer nas cantinas hospitalares quer nos espaços comerciais, além de aumentar a quantidade de opções saudáveis e reduzir o tamanho das porções. Pequenas mudanças de baixo custo podem ter um efeito significativo na melhoria das condições de saúde dos profissionais do sistema de saúde, o maior empregador do Reino Unido.
O estudo analisa as formas através das quais o ambiente pode servir de apoio à aquisição de hábitos saudáveis de compra e consumo por parte dos profissionais de saúde, e analisa os resultados de 13 estudos acerca da relação entre a arquitetura que favorece a escolha e a saúde.

De acordo com o estudo, os profissionais enfrentam vários obstáculos para ter acesso a comida saudável, como falta de tempo, carga de trabalho imprevisível e exigente, além de acesso à comida pouco conveniente. A arquitetura que favorece a escolha envolve mudar o ambiente em que os profissionais trabalham para promover um comportamento saudável, inclinando-os para opções melhores.

Os investigadores perceberam que as mudanças que reduzem o esforço para encontrar opções saudáveis, ou que aumentam o esforço para aceder a opções não saudáveis, melhoram as dietas. O aumento da disponibilidade de opções saudáveis também induziu um maior consumo.

O sistema de saúde britânico emprega 1,4 milhões de pessoas, sendo que o absentismo devido a problemas de saúde tem um custo estimado de 2,4 biliões de libras anuais. Desde 2016 que têm sido implementadas políticas de promoção da alimentação saudável.

Consulte o estudo em https://bmjopen.bmj.com/content/9/1/e023687

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.