Promover a autonomia em idosos frágeis

  • 02 novembro 2017, quinta-feira
  • Gestão

MIND&GAIT é um projeto promovido pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra que pretende promover a autonomia de idosos frágeis através da melhoria da cognição e capacidade de marcha e utilização de produtos de apoio.

Os promotores propõem-se desenvolver uma intervenção combinada composta por uma estimulação baseada em computadores e um programa de terapia assistida com animais, um programa de atividade física e um mecanismo de auto-bloqueio para andarilhos.

Adicionalmente, será usada uma plataforma web como repositório e instrumento para a disseminação de resultados e recursos. Foi planeada uma estratégia que envolve seis parceiros (além da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, o Instituto Politécnico de Leiria, o Instituto Politécnico de Santarém, o Instituto Politécnico de Coimbra, a Cáritas Diocesana de Coimbra e a Santa Casa da Misericórdia de Alcobaça.

Os idosos frágeis apresentam grande vulnerabilidade a eventos adversos e maior propensão para quedas, fraturas, dependência, hospitalização e institucionalização. Este projeto pretende promover a independência através do desenvolvimento de iniciativas inovadoras e sistemas para melhorar a cognição.

O projeto será testado através da prática clínica diária e da integração de diferentes áreas do conhecimento científico para poder proporcionar um serviço e uma rede de contacto. O serviço consiste numa orientação prática que funciona como guia para os profissionais. Será disseminado através da plataforma e pode ser replicado. A rede de contacto pretende estender a interdisciplinaridade entre os parceiros envolvidos a futura investigação.

O projeto termina a 30 de novembro de 2018 e será desenvolvido no centro do país e no Alentejo.

Mais informação em http://iia.pt/6-2/

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.