Webinar para doentes oncológicos esclarece cuidados a adotar

  • 13 abril 2020, segunda-feira
  • Gestão

A Associação Portuguesa de Leucemias e Linfomas (APLL) está a promover um webinar dirigido aos doentes oncológicos para esclarecimento de dúvidas e recomendação de precauções a adotar durante a pandemia causada pelo COVID-19.

Este webinar é destinado não só a doentes com patologias malignas do sangue, mas também a outros doentes oncológicos que se deparem com dúvidas relativas ao tratamento dos mesmos ao longo da pandemia do novo coronavírus.

“Há pouca informação para os doentes oncológicos e os doentes sentem-se perdidos. Não têm indicação de quando é que as consultas, que estão a ser adiadas, se vão realizar, dado que não são remarcadas de imediato e isto deixa os doentes inseguros. Com todas as inconsistências que surgem nesta altura é importante falar com essas pessoas, explicar que precauções devem ter para se protegerem”, referiu a presidente da APLL, Isabel Barbosa.

 “Os nossos associados são doentes hemato-oncológicos, muitos deles imunossuprimidos, e familiares, o que obriga a um cuidado redobrado nesta fase de pandemia do COVID-19, e por isso é essencial oferecermos momentos que, de alguma forma, os apoiem a atingir um patamar de ‘normalidade’ na sua vida pessoal, profissional e familiar”, acrescentou Isabel Barbosa.

A sessão, subordinada ao tema “Medidas de precaução para doentes com patologias hemato-oncolágicas”, contará com a participação de vários profissionais do setor do Instituto Português de Oncologia do Porto, do Hospital de Braga e do Centro Hospitalar Lisboa Norte, e ainda com dois doentes que partilharão a sua experiência. O webinar está agendado para as 18 horas do dia 14 de abril e decorrerá na página de Facebook da APLL.

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.