Vacina contra o COVID-19 vai ser testada no final de abril

Foi desenvolvida uma potencial vacina contra o novo coronavírus que deverá avançar para a fase de ensaios clínicos em humanos no final deste mês, inicialmente no Estados Unidos da América e na Europa.

A Pfizer, empresa farmacêutica norte-americana, e a BioNTech, empresa de biotecnologia alemã, estão a trabalhar em conjunto para desenvolver uma potencial vacina para a prevenção do COVID-19.

As duas empresas planeiam avançar para a fase de ensaios clínicos no final de abril, após obtenção das necessárias aprovações regulamentares. O trabalho conjunto possibilitará o aumento da capacidade de produção da vacina, para assim dar resposta à necessidade originada pela pandemia.

Segundo comunicado divulgado, em caso de aprovação por parte das autoridades regulamentares e dependendo do sucesso do desenvolvimento da vacina, existe a hipótese de “disponibilização de milhões de doses até ao final de 2020, e a possibilidade de um aumento de produção para centenas de milhões de doses em 2021”.

A vacina será disponibilizada em todo o mundo, exceto na China onde já existe uma parceria entre a BioNTech e a Fosun Pharma, empresa farmacêutica sedeada na China.

“Já começámos a trabalhar com a Pfizer na nossa vacina para a COVID-19 e temos o prazer de anunciar estes detalhes adicionais da nossa colaboração, que reflete o forte compromisso das duas Companhias em agir rapidamente para disponibilizar uma vacina segura e eficaz para a população mundial” declarou o CEO e cofundador da BioNTech, Ugur Sahin.

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.