Unidade de Cuidados Paliativos começou a funcionar no CHL

  • 17 março 2021, quarta-feira
  • Gestão

A primeira unidade de cuidados paliativos do distrito de Leiria começou a funcionar no Hospital de Alcobaça, prevendo receber cerca de 250 doentes por ano.

A Unidade de Internamento de Cuidados Paliativos (UICP) no Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira abriu portas esta semana para prestar “acompanhamento dos doentes com necessidades paliativas mais complexas”, referiu o Centro Hospitalar de Leiria em comunicado.

O serviço vai funcionar num espaço físico independente, com uma equipa multidisciplinar a tempo inteiro, cobrindo toda a área de influência do Centro Hospitalar de Leiria (CHL), num total de cerca de 400 mil utentes.

O presidente do Conselho de Administração do CHL, Licínio Carvalho, estima que aquela valência, “há muito ambicionada e necessária”, prevê prestar cuidados especializados a “cerca de 250 doentes por ano”.

A nova UICP, que ocupa o antigo Serviço de Cirurgia Geral do hospital, conta com 12 camas, distribuídas por 10 quartos, espaços de trabalho para os profissionais, sala de tratamentos, zona de limpos e sujos, refeitório, e sala de convívio e de atividades.

A unidade integra o Serviço de Cuidados Paliativos, que inclui uma equipa intra-hospitalar de suporte em cuidados paliativos, a consulta externa e o hospital de dia.

O projeto teve um investimento de cerca de 680 mil euros, cofinanciado em 156.825 euros no âmbito do Programa Portugal 2020. A unidade contou ainda com uma contribuição da Câmara Municipal de Alcobaça, no valor de 75 mil euros, para aquisição de equipamentos e mobiliário.

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.