Cinco start-ups portuguesas premiadas por inovação na Saúde

  • 04 setembro 2019, quarta-feira
  • Gestão

Foram cinco as start-ups portuguesas distinguidas no âmbito dos EIT Health InnoStars Awards 2019, entre 15 vencedores.

B-CULTURE, BRIGHT, HydrUStent, SurgeonMate e TimeUp vão receber um financiamento de 25 mil euros em formação, capital e mentoring.

As 15 start-ups vencedoras dos InnoStars Awards 2019 foram selecionadas de entre 116 concorrentes de países do Centro, Leste e Sul da Europa que integram o esquema de inovacao regional - Regional Innovation Scheme (RIS) -, um programa Europeu que pretende apoiar as regiões que têm níveis mais moderados de inovação do que outros países europeus no que diz respeito ao desenvolvimento de inovação no setor de saúde e outros setores.

No grupo distinguido, além das cinco empresas oriundas de Portugal, encontram-se duas start-ups da Polónia, duas da Hungria e duas da Letónia, uma da República Checa, uma da Lituânia, uma de Itália e uma da Roménia.

As start-ups vencedoras vão receber financiamento e mentoring individual durante quatro meses e têm ainda a oportunidade de participar em dois bootcamps na Europa. O EIT Health InnoStars também proporciona aos vencedores do prémio encontros com potenciais clientes, investidores e parceiros. Após o programa de quatro meses são escolhidos dez finalistas para o pitch final do InnoStars Awards, em novembro, onde estarão a concurso três prémios, correspondendo a um financiamento adicional de 25 mil, 15 mil e 10 mil euros.

Farmacêutica e dispositivos médicos

Entre as start-ups distinguidas, as áreas de atuação variam bastante.

A B-CULTURE desenvolve modelos de tecido humano in-vitro em 4D para testar medicamentos. Procura oferecer uma solução eficiente e ética para screening e validação dos compostos e implantes para as indústrias farmacêutica, dentária e biomédica.

A BRIGHT - Beyond Research and Information Graphics for Health and Technology - desenvolveu o projeto Serious Games for Health, que ajuda os doentes a gerir a sua doença e promove a adesão à terapêutica.

A HydrUStent foca-se no desenvolvimento de dispositivos médicos inovadores baseados em necessidades médicas, que junta uma equipa com diferentes percursos, da medicina à engenharia e ciência dos biomateriais. A empresa está a desenvolver uma tecnologia de teste portátil, wireless e menos invasiva na área da urologia, que permite a monitorização contínua e a longo prazo das pressões intra-urinárias. Isto impacta positivamente a vida dos doentes, ao reduzir o desconforto associado a este tipo de testes, atualmente realizados apenas em ambiente médico.

A SurgeonMate é uma tecnológica focada no desenvolvimento de solução técnicas que visam melhorar as condições de trabalho dos prestadores de saúde. Desenvolveu e patenteou uma solução têxtil para ser usada pelos profissionais prestadores de cuidados de saúde enquanto trabalham em locais onde o frio é problemático e existe uma fonte potencial de desconforto.

A TimeUp trabalha no desenvolvimento de um dispositivo médico que pode ser usado para monitorizar e detetar a presença de bactérias na urina, alertando profissionais de saúde sobre o potencial desenvolvimento de uma infeção.

O programa InnoStars Awards está aberto a micro e pequenas empresas, spin-offs e start-ups que já tenham um protótipo ou um produto mínimo viável - Minimal viable product (MVP). Todos os concorrentes têm de pertencer a países do RIS, onde se concentra um forte talento tendo em conta o crescente número de candidaturas qualificáveis.

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.