Instituto Camões avança com projeto na área da saúde em Angola

O Instituto Camões (IC) vai apostar na formação na área da saúde em Angola, inserida em projetos bilaterais que o instituto vai realizar com Angola também na área da educação.

Em declarações à agência Lusa e à RTP África, o presidente do IC, Luís Faro Ramos, salientou que «na área da saúde, temos o projeto CISA, o Centro de Investigação de Saúde de Angola, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian e com o Ministério da Saúde angolano, pelo que serão coordenadas ações a muito curto prazo no âmbito do memorando de entendimento entre os dois ministérios».

O presidente do Instituto Camões referiu ainda que estas são «necessidades que Angola tem na área da formação e na de formação de recursos humanos, em que o Ministério da Saúde português está disposto também a avançar rapidamente».

«Trata-se de enviar profissionais qualificados para Angola para formar profissionais angolanos em áreas como comunicação interpessoal nos hospitais, a dádiva de sangue ou recursos humanos de gestão de administração hospitalar», disse, lembrando ter sido esse o tema central nas reuniões que manteve com a ministra da Saúde angolana, Sílvia Lutucuta, aquando da sua visita a Angola.

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.