Hospital de Cantanhede cria jardim terapêutico

O Hospital Arcebispo João Crisóstomo (HAJC), em Cantanhede, quer criar um jardim terapêutico para doentes, profissionais e visitantes, num dos espaços envolventes ao hospital, numa lógica de promoção da saúde mental e do bem-estar.

O jardim terapêutico é dirigido a visitantes/familiares, “não só para os doentes que vão passar a ter as atividades terapêuticas ali fora, também, mas para os profissionais, que podem ali descansar e usufruir daquele espaço verde”, disse à agência Lusa a presidente do Conselho de Administração do HAJC, Diana Breda.

Trata-se de um projeto que neste momento está numa fase de procura de financiamento e que foi realizado por uma equipa conjunta do HAJC e da Câmara Municipal de Cantanhede.

A ideia é maximizar os benefícios do “contacto com a natureza”, com diferentes espaços, como, por exemplo, um espaço de lazer, uma horta terapêutica e um jardim sensorial.

“Aquilo que pensámos foi promover este contacto direto ou indireto com a natureza e com uma série de elementos sensoriais”, sublinhou.

O espaço de lazer é pensado numa lógica de utilização para os profissionais do hospital, durante as pausas ou hora de almoço, para utentes e para a visita dos seus familiares.

O local inclui zonas de mesas e cadeiras, acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida.

“A sensação de bem-estar, a redução do stress, a melhoria do humor, potenciar a calma e o relaxamento, tudo isto são benefícios também para os nossos profissionais”, acrescentou Diana Breda.

No que diz respeito à horta terapêutica, vai permitir que as pessoas conseguiam cultivar “mesmo sentadas em cadeiras de rodas”.

Relativamente ao jardim sensorial, vai possibilitar aos seus utilizadores experiências multissensoriais através da estimulação dos sentidos.

O espaço vai incluir equipamentos adaptados, já que este projeto está integrado no plano de reabilitação da condição cognitiva e motora dos utentes, através da prática de exercícios, com recurso a equipamentos para que possam treinar os vários tipos de marcha.

O jardim terapêutico, com estes diferentes espaços, vai produzir “benefícios cognitivos, benefícios psicológicos e benefícios sociais”.

A ideia é requalificar aquele espaço, que neste momento serve de estacionamento, e rever toda a envolvente, no sentido da acessibilidade.

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.