Hospital de Braga testa robô de desinfeção mais eficiente

O Hospital de Braga foi palco da testagem de um robô de desinfeção de espaços hospitalares, um equipamento que aquela unidade equaciona vir a adquirir, por aumentar a prevenção de infeções e garantir a segurança dos profissionais.

De acordo com o Hospital de Braga, o novo sistema promove uma maior sustentabilidade ambiental, “uma vez que desinfeta sem recorrer a agentes tóxicos e contaminantes tradicionalmente usados para o efeito”.

“Este novo sistema, denominado “Zhello”, é uma tecnologia de execução simples, prática e integrada, composta por um robô autónomo móvel, torres de desinfeção e um sistema de gestão de operação eficiente. A solução garante não só o aumento da eficácia na desinfeção, como permite um ganho ao nível da eficiência na operação”, acrescentou o hospital.

“A versatilidade do Zhello possibilita que responda a diferentes necessidades, sendo que, além de permitir a gestão de múltiplas rotas de desinfeção, pode automatizar outros processos logísticos, como são exemplo os carros de refeições hospitalares”, referiu.

Para o presidente do Conselho de Administração do Hospital de Braga, João Porfírio Oliveira, estes projetos “são sempre uma mais-valia”, uma vez que “contribuem para uma maior eficiência de processos, com maior flexibilidade e autonomia”.

“O Hospital de Braga aceitou associar-se a este projeto não só por se tratar de um novo sistema robótico mais autónomo e intuitivo, que aumenta a prevenção de infeções, mas também porque garante a segurança dos profissionais, nomeadamente no que diz respeito ao risco de exposição à radiação”, aludiu.

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.