Evolução da satisfação de doentes numa unidade hospitalar relativamente à alimentação

Nos últimos anos tem havido uma preocupação crescente com a prevalência da desnutrição hospitalar. Matos e col. (2007) verificaram que a prevalência de doentes hospitalizados em risco nutricional, em Portugal, varia entre 29% e 47%. Todos os estudos demonstram que os doentes desnutridos apresentam maior tempo de internamento e custos hospitalares mais elevados, nomeadamente em medicação.

A desnutrição antes da admissão dos doentes está normalmente associada à doença. Durante o internamento, o fator que piora o estado nutricional é a ingestão alimentar inadequada. Está demonstrado que a diminuição da satisfação dos doentes internados com o Serviço de Alimentação dos hospitais leva a um aumento do risco de desnutrição. Assim, o Serviço de Alimentação tem um papel crucial nos cuidados de saúde dos doentes e deve procurar fornecer uma nutrição equilibrada e variada, que funcione como parte integrante da terapêutica e assegure as necessidades metabólicas e clínicas dos utentes, para além de ainda desempenhar um papel educacional.

A maioria dos doentes internados está dependente das refeições hospitalares, sendo fundamental analisar os fatores que influenciam a ingestão dos doentes e que se podem modificar, para conseguir melhorar o Serviço de Alimentação e evitar as consequências da desnutrição. Um estudo espanhol refere como causas mais comuns para os doentes não consumirem as refeições na totalidade, a falta de apetite e não gostarem da comida e do sabor.

O desperdício alimentar nos hospitais é muito elevado, os estudos referem que cerca de 40% da quantidade de alimentos produzida é desperdiçada o que leva uma ingestão de menos de 80% do recomendado em energia e proteínas.

O objetivo deste estudo foi avaliar de que forma as melhorias implementadas no Serviço de Alimentação ao longo de 5 anos se repercutiram na satisfação dos utentes de uma unidade hospitalar.

Autores: Carlos José Cadavez, Administrador Hospitalar; Rosário Rodrigues, Diretora do Serviço de Alimentação da ULS Nordeste; Teresa Gomes, Nutricionista; Denise Cury, Estagiária de Ciências da Nutrição da U.C.Porto; Patrícia Silva, Estagiária de Dietética do IPBragança.

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.