Desenvolvido teste rápido para detetar coronavírus

  • 25 março 2020, quarta-feira
  • Gestão

Um hospital espanhol lançou um teste que permite detetar se um paciente se encontra infetado pelo novo coronavírus. O teste, que necessita apenas de uma picada no dedo para a sua realização e cujo resultado demora 10 minutos, acaba de ser lançado no mercado português.

Foi no hospital Centro Médico El Carmen, em Ourense, que foi lançado um novo teste que deteta a presença de anticorpos IgG e IgM que causam a doença COVID-19. Segundo comunicado divulgado, este apresenta elevada sensibilidade, apresentando uma fiabilidade de 98,6% relativamente ao anticorpo IgG, e 92,9% quanto ao IgM.

“Os anticorpos são um sinal de infeção. Assim sendo, o teste pode definir se um paciente está infetado com elevada sensibilidade e nível de confiança, de acordo com um ensaio clínico acreditado”, lê-se no comunicado.

Esta prova é certificada pela União Europeia, tendo a respetiva marcação CE. O hospital, que está credenciado segundo os critérios de cinco normas internacionais, espera assim contribuir para a deteção precoce do novo coronavírus, otimizando a identificação de casos e reduzindo a curva de propagação do vírus.

“Disponibilizando a laboratórios e hospitais esse teste que possibilita a deteção rápida de novos casos, pretendemos acelerar a aplicação de protocolos de saúde pública para os casos positivos”, declararam fontes do hospital. Este trata-se de um teste para uso exclusivo de hospitais e laboratórios de diagnóstico clínico.

Newsletter Hotelaria & Saúde

Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre gestão hoteleira em unidades de saúde e bem-estar.


Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.